Unidade Itaim Bibi (11) 3071-2977 (11) 95604-6875 Unidade Guarulhos (11) 2937-6000 (11) 97285-1107

Abdominoplastia

Abdominoplastia

Também conhecido como dermolipectomia abdominal, correção cirúrgica de flacidez abdominal, plástica do abdômen ou correção de abdômen em avental.

É um procedimento cirúrgico que visa a corrigir o excesso de pele e estrias no abdômen, principalmente após grandes perdas de peso e após gravidezes.

Quando considerar

A abdominoplastia pode ser considerada nos pacientes que se sentem incomodados com estrias, flacidez e/ou abaulamento abdominal.

O emagrecimento ou exercícios não corrigem a flacidez, pelo contrário, a perda de peso pode acentuar a quantidade de pele flácida.

Para se realizar a dermolipectomia abdominal deve-se esperar 12 meses após a gravidez para que o corpo possa retornar a condições antes da gestação.

Considerações:

Vantagens

– Melhor contorno corporal
-Diminuição de medidas
-Melhor aparência do umbigo
-Melhora da auto estima

Desvantagens

-Presença de cicatriz
-Riscos inerentes a cirurgia
-Tempo de repouso pós cirurgia
-Deve ser feito após as gravidezes e perda de peso

Você é um bom candidato para a cirurgia?

Bons candidatos são pacientes com flacidez abdominal que estão em boa saúde e próximo ao peso ideal. Normalmente é realizada em pacientes que perderam peso ou que tiveram gestações.

Pode-se realizar a cirurgia após um ano da última gravidez e após estabilização da perda de peso. A plástica do abdômen também é realizada em homens, principalmente nos pacientes que emagreceram muito após a cirurgia de redução de estômago (gastroplastia redutora). Esta cirurgia não está indicada em pacientes que estão acima de seu peso ideal.

A cirurgia visa o contorno corporal, não o emagrecimento, por isso que em muitos casos a dermolipectomia abdominal é associado a lipoaspiração para melhores resultados.

Detalhes do procedimento

A cirurgia é realizada sob anestesia geral ou peridural em ambiente hospitalar e dura de 2 a 3 horas. O paciente permanece no hospital por 24 horas.

Inicialmente é realizado uma incisão na altura da cicatriz da cesárea abrangendo toda a largura do abdômen ou até a região onde há presença de flacidez cutânea. Após isso, a pele e a gordura do abdômen é descolado da musculatura abdominal. São realizados pontos na musculatura abdominal para corrigir sua flacidez e proporcionar um abdômen com melhor contorno.
O excesso de pele é retirado, normalmente entre a incisão realizada e 1 a 3 cm acima do umbigo. São colocados drenos para drenar eventual hematoma ou seroma e a incisão é fechada com pontos internos que serão absorvidos. É feito uma abertura na pele para expor o umbigo e curativos são aplicados.
A cirurgia pode ser associado a lipoaspiração para melhores resultados de contorno corporal.

Quais são minhas opções

Atualmente não há nenhum tratamento alternativo para a flacidez de pele e estrias. Os tratamentos disponíveis não tem nenhuma comprovação científica de sua eficácia. O padrão ouro para tratamento de flacidez abdominal é a abdominoplastia

Como ficarão minhas cicatrizes

​A cicatriz ficará na altura da cesárea e abrangerá toda a extensão da flacidez do abdomen. Haverá também uma pequena cicatriz em torno do umbigo.

A técnica de fechamento da incisão é feita com pontos internos e absorvíveis, porém o aspecto final da cicatrização dependerá de características genéticas da paciente e de seu cuidado no pós-operatório.

Selecionando o cirurgião

Cirurgia plástica deve ser feito com cirurgião plástico.

É importante verificar:
-Se o profissional é especializado em cirurgia plástica pelo MEC e/ou membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.
-A experiência do profissional em cirurgias do contorno corporal, no caso a abdominoplastia
-Se o profissional se mostrou atencioso e esclareceu todas as dúvidas durante a consulta
-Indicações de amigos, familiares ou outros médicos

A primeira consulta e o que perguntar

Na primeira consulta o paciente deve vir preparado para tirar todas as suas dúvidas, muitos trazem anotado uma lista de perguntas. Deve ser perguntado como é realizado a cirurgia, seu pós-operatório, possíveis complicações, localização das cicatrizes. Dr. Ricardo Miranda usualmente atende pacientes da região do Itaim Bibi em São Paulo e Guarulhos.

Recuperação e acompanhamento

Após a dermolipectomia abdominal, o paciente deverá ficar em repouso de 3 a 4 semanas. Neste período não poderá dirigir, fazer atividades física ou trabalhar. Após esse período poderá retornar a atividade do dia a dia. Não há diferença na recuperação se a cirurgia é realizado no verão ou no inverno.
Pode ser necessário andar um pouco curvado nos primeiros dias, mas o paciente pode ficar o mais ereto possível dentro de seu conforto. O dreno é retirado após 5 a 10 dias e o curativo é trocado diariamente após o banho por 7 a 14 dias. O retorno para atividades física mais intensas normalmente ocorre após 6 a 8 semanas. A drenagem linfática se inicia após a retirada do dreno para acelerar o desinchaço.
A cinta abdominal deve ser usada diariamente por 1 a 2 meses, retirando somente para o banho. Não se deve tomar sol diretamente na incisão por 3 a 6 meses, sob o risco da cicatriz abdominal ficar escura. Pode ser usado pomadas ou placas de silicone para melhorar a qualidade da cicatriz. O retorno após a abdominoplastia ocorre após a primeira semana, 1 mês e 3 meses. Os últimos retornos são usados para tirar fotos e avaliar o resultado de antes e depois da plástica abdominal.

Custos do procedimento

Os custos do procedimento são relativos a internação hospitalar, honorários da equipe anestésica e equipe cirúrgica. Outros custos incluem exames pré-operatórios e medicações. O orçamento somente é passado após uma consulta médica.
Escolha seu cirurgião baseado na qualidade, experiência e qualificação, nunca somente no preço.

Quanto vai durar minha cirurgia

Não há garantias quanto ao resultado ou a duração da cirurgia, pois há uma dependência grande dos cuidados pós operatórios e das características genéticas de cada paciente.
Em geral as abdominoplastias geram resultados a longo prazo, desde que os pacientes observem os cuidados médicos, não engravidem novamente e mantenham o peso estável.

Limitações e riscos

Toda cirurgia apresenta uma limitação de resultado, que será maior ou menor dependendo das características genéticas de cada pacientes.
Os riscos mais comuns na abdominoplastia são hematomas, seromas, infecções ou aberturas da incisão. Pode também haver risco de trombose venosa profunda e tromboembolismo pulmonar. Os riscos são mantidos os mais baixos possíveis através do preparo pré-operatório, da escolha do hospital, do cirurgião e do cuidado pós-operatório

Por quê escolher Dr. Ricardo Miranda para esta cirurgia

Dr. Ricardo Miranda irá te esclarecer todas as dúvidas em consulta através de um atendimento atencioso e sincero.
Possui vasta experiência em cirurgias do contorno corporal tendo realizado centenas de procedimentos em sua carreira. Para saber mais sobre abdominoplastia no Itaim Bibi em São Paulo ou em Guarulhos agende uma consulta.

Outros Procedimentos

AGENDAMENTO ONLINE